O Julgamento Pelo 'procés' Será Visto Para Sentença De Meados De Junho 1
Finança

O Julgamento Pelo ‘procés’ Será Visto Para Sentença De Meados De Junho

O julgamento do procés, que decorre no Supremo Tribunal de justiça entra na sua reta conclusão. Em só 3 ou 4 semanas, a visibilidade se dará por concluída a estabelecer uma nova fase, a da redação do acórdão que eu podia estar ultimada no decorrer do mês de outubro.

A conclusão da visão foi acordada em reunião de 7 magistrados. Entre a primeira e a segunda semana do mês serão escutadas os relatórios definitivos de todas as partes e depois, veio o turno da última palavra, em que cada um dos réus podes fazer o arrazoado que considere. O calendário do julgamento entrecruzará com a agenda política catalã e espanhola. As últimas sessões do julgamento voltarão a subir a temperatura política que envolve esta visão. Uma vez concluída a quota pericial e documental, todas as partes têm que apresentar os seus relatórios finais.

Essa será a prova de fogo. Todos os olhos estarão postos em Ministério público e se mantém a acusação pelo crime de rebelião e desvio de valores públicos ou há qualquer tipo de modificação, o que poderia atenuar os pedidos de condenação. Além disso, você ouvirá os argumentos finais das defesas e as últimas expressões dos acusados. Será especialmente pela Catalunha, um estágio de alta tensão político que coincide com as negociações políticas pra constituição dos conselhos municipais para os próximos quatro anos. O frustrado salto de Miquel Iceta ao Senado, que hoje será claramente escavação de valas com a rejeição de autonomia, é uma amostra do que poderá desenrolar-se dentro de um mês.

Mais de 500 testemunhas passaram pelo salão de plenos onde se persegue a doze dirigentes independentistas por tentar proclamar fora das vias legais de uma república catalã. Três meses durou a declaração dos acusados e de todas as testemunhas.

  • Iceta não vê risco de fratura com o PSOE em que pese a rejeição, a Lusa
  • 20 de outubro: Coronel de Infantaria Lucas Hernandez Ruiz. Ação de Caberizas Altas.[21]
  • 4 Aumento de operações contra GAOs e GDOs
  • 1 Pintura 3.1.Um Pintura espanhola
  • 2 Independência e a república federal
  • 4 Crise energética de 2009-2011

Este juízo teve um extenso número de declarações testificales, já que a Sala de Julgamento admitiu a maioria das provas solicitadas pelas defesas que não tiveram um interesse especial em encurtar o modo. Segunda-feira da semana que vem termina a prova a diferença entre a colheita pra dar início essa semana com a prova pericial.

Em paralelo com o calendário calculado pelo tribunal e que possam ser ouvidas por todos os peritos em 2 dias do julgamento. Por cota do ministério público bem como foram citados dois guardas civis que analisaram os documentos apreendidos pro número dois de Oriol Junqueras, Josep Maria Jové, e o ex-secretario de Hisenda Josep Lluís Salvadó. A próxima fase será o documentário, que vai durar uma semana, de acordo com os cálculos da sala. Este é o prato forte das defesas. Sua enorme esperança é que, com os videos que o tribunal possa ver que não houve agressão, mas uma resistência pacífica, nos centros de votação.

Os acusados confiam em que, com esses videos que fique bem claro que foram a Polícia Nacional e a Guarda Civil, os que agiram violentamente, e não o inverso. Não obstante, o Ministério público também possui sua própria bateria de imagens obtidas pelos agentes que intervieram e que, a seu juízo, demonstraram que a resistência com que se encontraram nos centros de votação era potencialmente violenta. Se crer que no decorrer do julgamento não foi possível ser feita, o bastante que se deu essa dureza necessária, poderá mudar a acusação de um crime de sedição ou conspiração pra rebelião.